Como passar no vestibular

//Como passar no vestibular

Como passar no vestibular

Se o seu sonho do momento é  fazer vestibular e está estudando muito para ser aprovado naquela tão desejada faculdade publica ou particular, fique por aqui e aproveite esse conteudo completo que reunimos para alavancar a sua taxa de sucesso e garantir a sua aprovação no vestibular. O maior material sobre como ser aprovado no vestibular, varias e varias dicas essenciais. Pronto? Vamos lá.

passar-no-vestibular

 

Primeiro, deixe me perguntar uma coisa, ja definiu o curso que quer fazer? tem certeza dele? é você mesmo que quer ou o seu bolso? sua familia? amigos? Não adianta ficar se iludindo e escolher um curso superior que não deseja de verdade e depois ficar chorando dentro da universidade e levar 10 anos pra se formar, ou se formar e se tornar um profissional armagurado e incompetente, ja que odeia o que faz. Existe varios testes vocacionais que prometem ajudar a escolher a sua profissão, mas não acredito neles, se em algum momento ele pergunta se gosto de trabalhar em um hospital..e digo que sim, adivinha qual será a resposta? Você é o unico que pode saber o que quer, ou pelo menos o que não quer. Finalizado esse processo inicial e muito importante, vamos a segunda parte, ser aprovado! Para isso temos algumas (varias) etapas a seguir:

 

dicas infalíveis para você passar no vestibular:

1. Descubra como você funciona melhor

Se o auto-conhecimento, saber quem você é, seus valores, suas aspirações e habilidades, foi crucial para a escolha do curso no momento da inscrição no exame de admissão, para conhecer um pouco mais sobre si mesmo também irá ajudar na hora de se preparar para o exame. Descobrir de que maneira você aprende melhor e economiza tempo e energia!

Já percebeu como algumas pessoas fixam melhor o assunto através do desenho de esquemas? Que quem precisa ler tudo em voz alta? E que outros vão direto para resolver os exercícios, apenas para, em seguida, consultar o material?

É claro que as pessoas não aprendem apenas de uma maneira, mas conhecer as preferências do seu cérebro que ajuda você a escolher, por exemplo, entre o início de estudar a literatura, fazendo uma forma de resumo ou atacar um simulado.

 

2. Fazer um reconhecimento do ambiente ao seu redor

Uma boa maneira de se preparar para o exame de entrada da faculdade de seus sonhos é saber onde você está pisando. E a melhor forma de o fazer é analisar as questões dos anos anteriores, para todos os sujeitos.

Olhar para os cadernos de provas e os gabaritos dos últimos três anos-geralmente, eles são publicados no site da própria universidade, no “vestibular”.

Com o concurso público de provas na mão, jogar a mesma situação de cada um dos dias do evento (não fazer mais de uma prova por dia!!): reserve o tempo necessário para a resolução das questões, trancar-se no quarto com água e algum lanche, utilize apenas os materiais permitidos no momento do teste e fazer o seu próprio simulado.

Depois de resolver tudo, confira o gabarito, anote o que tem dificuldade, reforça essa questão e não descanse enquanto não entender o que não para de bater. Faça o mesmo com as demais provas dos anos anteriores.

Depois de verificar que as questões e sua pontuação com a cabeça fria, analisar o tipo de pergunta, se você tem de “pegar” e qual a proporção de questões fáceis, médias e difíceis, por exemplo. Isso não garante que você acho que será a próxima prova, mas deixa você mais relaxado e preparado para o que está para vir.

3. Cuide bem da sua saude durante o processo seletivo

3.1 Diminua o ritmo do dia a dia:

Falta apenas um dia para a prova e você ainda está ligado na mesma rotina de estudos? Fala sério! Com o pouco tempo que lhe resta, dificilmente você terá condições de aprender alguma coisa nova. Embora muitos candidatos aproveitem a véspera para revisar a matéria, o ideal é relaxar. Tire o dia para atividades ao ar livre, ir ao cinema, bater um papo com os amigos. Mais relaxado, o conteúdo que aprendeu ao longo de todo esse tempo tem mais chances de fluir naturalmente na hora da prova.

3.2 Opte por comidas leves e melhores:

Quando sugeri que relaxasse na véspera, não quis dizer para enfiar o pé na jaca e encarar a deliciosa macarronada da sua mãe. Uma alimentação leve, composta de saladas, carnes grelhadas e frutas, é essencial para manter o metabolismo sempre 100%, e não exclusivamente encarregado de queimar as gorduras que ingeriu, dando aquele sono incontrolável logo nos momentos em que mais precisa se concentrar.

3.4 Cuide do seu sono:

Nada de ficar a noite decorando fórmulas ou regras de português! Cerca de 8 horas de sono são essenciais para um bom desempenho na prova, pois a ciência comprova que o déficit cognitivo pode ser causado pela privação do sono. Com a mente descansada, você corre menos riscos de ter enxaqueca, mal estar, desânimo e, claro, de novo o sono incontrolável na hora em que estiver escrevendo a redação. Sem contar que a capacidade de concentração fica comprometida.

 

4. Saiba lidar com as prioridades para ter mais tempo para se dedicar aos estudos

é importante saber priorizar o seu dia-a-dia para que os estudos não fiquem prejudicados.

Tanto quanto possível, procure dar prioridade em estudar. Você tem uma lista de matérias a serem estudadas, e essa lista tem que ficar menor a cada dia que passa.

No momento em que você “pula” um dia, você acumula assuntos e vai ficando mais difícil seguir um planejamento. E sem disciplina, você pode acabar perdendo 1 ano de estudos!

Chegou uma tarefa ou convite que vai afastar você do seu objetivo? Faça o seguinte:

  • Delegue para outra pessoa: você é a única pessoa que pode fazer isso? Essa atividade não pode ser passada para outra pessoa? Tarefas urgentes que só você pode fazer acontece muito no ambiente familiar. Converse com sua família e explique como é importante as suas horas de estudo e quais são seus planos depois que você passar na prova. Sua família pode ajudar em repartir as obrigações caseiras que antes apenas você fazia.
  • Recuse: evite se desviar do seu objetivo. Seus amigos e família vão continuar chamando você para baladas, festas, saídas. Mas lembre-se que você está em uma fase de estudo intenso e sua atenção deveria estar voltada para isso.

5. Qualidade de estudo

Embora você deva procurar estudar o máximo de tempo possível, saiba respeitar seus limites e os limites dos outros, principalmente de quem depende de você e de sua atenção. A qualidade de estudo é muito mais importante do que a quantidade de horas, principalmente em um programa para passar em vestibular ou concurso público.

Segundo dados do Aprovado, a maioria dos estudantes de ENEM estuda um mês antes do exame. Estudantes para boas faculdades como USP e Unicamp normalmente estudam um pouco mais que isso, e estudantes de concursos públicos são os que estão mais acostumados com a rotina de estudos, passando de seis meses a dois anos estudando.

De nada adianta, por exemplo, estudar com sono. Quando seu corpo dá sinais de sono, seu cérebro está dizendo que não vai mais armazenar coisas novas. Você pode deixar para esses momentos de baixa concentração para fazer exercícios ou organizar material de estudo, por exemplo.

Outra coisa que você não pode descuidar é de dar atenção à sua saúde: já é mais que comprovado que fazer exercícios físicos, além de manter você saudável, ajuda na sua inteligência. Boas noites de sono também garantem que você vai gravar o que você estuda.

Por fim, mesmo com agenda apertada e querendo aproveitar o máximo de tempo possível para estudar, você precisa manter contato com outras pessoas. Uma boa forma de incluir as pessoas no seu plano é compartilhando metas conquistadas.

Se você possui filhos pequenos, você precisa ter atenção redobrada. As crianças são jovens demais para entender sua rotina e objetivos, e não podem ser deixadas de lado durante seus estudos. Procure reservar um tempo para estar com seus filhos. É importante para você e para eles.

 

6. Chega de procrastinação e tenha foco!

Deixar para a última hora é um verdadeiro tiro no pé para o vestibulando. Se você tem a tendência de empurrar as tarefas chatas com a barriga e arrumar desculpas para não seguir seu plano de estudo, lute contra a procrastinação com técnicas que ajudam a manter o foco e algumas fazem a gente produzir mais sem nem perceber o tempo passar.

 

7. Leia bastante para escrever melhor ainda

Os livros obrigatórios, revistas semanais, artigos em jornais, algum livro mais leve sobre um assunto de que você gosta…

A leitura ajuda muito a organizar as ideias para fazer a redação do vestibular, dá repertório e cultura, elementos para argumentar bem, vocabulário mais rico e reforça a gramática e ortografia.

E além de melhorar a redação, ler bastante ainda tem dois ótimos efeitos colaterais: ajuda a se expressar melhor nas questões dissertativas e, no caso de jornais e revistas, garante que você não vai ficar boiando nas questões sobre atualidades.

 

8. Quanto mais você estudar, mais fácil vai ficar

Se comprometer a fazer várias provas é interessante por alguns motivos:

  • Tira o que chamamos de ansiedade da prova. Quando é nossa primeira vez em um exame de grande importância, a ansiedade é muito comum (pra não dizer desespero!). Depois da primeira prova, muitas coisas que era desconhecidas para nós, como o ambiente da prova, o tempo disponível e o “clima”, passam a ser conhecidas. A partir daí, quanto mais provas, mais acostumado você fica com a rotina de estudos.
  • Estudar para várias provas significa que você precisa dedicar mais tempo e se comprometer mais ainda com seu cronograma de estudos.
  • Você se sente mais a vontade em provas “fáceis”. Conforme você vai realizando as provas, você acaba sentindo a diferença entre elas e, ao identificar uma prova mais fácil, você aumenta sua confiança, reduzindo a ansiedade, grande vilã da vida toda.

10. Pergunte sempre!

Se estiver frequentando aulas, aproveite para perguntar, tirar todas as dúvidas. Não tenha vergonha, mesmo que a pergunta pareça boba para você. Leve para a sala de aula aqueles exercícios e questões de prova que você não conseguiu resolver.

Ensinar também ajuda a aprender, sabia? Encontre colegas com quem você tem afinidade e recorra a eles para trocar conhecimento. De repente ele precisa de ajuda em uma matéria que para você é tranquila e pode te ajudar naquelas que você tem mais dificuldade… algumas pessoas até estudam melhor em grupo.

 

Agora durante a prova do vestibular, o que fazer?

 

 

 

1- Defina um tempo para cada questão da prova

O cuidado com o tempo é essencial durante a prova do vestibular, é importante organizar o tempo que você pode gastar para responder cada questão, pois isso vai te ajudar muito no final da prova. Quando estiver estudando para o vestibular e fazendo algumas provas procure cuidar quanto tempo você leva para responder as questões de cada matéria e no final faça uma média de tempo que gastou em cada disciplina, assim saberá quais matérias você precisa de mais tempo e quais você resolve mais rápido, durante o vestibular comece pelas questões mais fáceis, essa estratégia funcionou comigo.

2- Leia toda a prova antes de começar a responder

Essa dica é para os apressadinhos, aqueles que começam respondendo a prova sem mesmo ler toda ela, me respondam uma coisa é mais fácil chegar em um local, quando sabe o caminho ou quando vai procurando de rua em rua ? Então, leia toda a prova com calma, assim saberá quais questões você responde primeiro e quais deixa para o final, isso também vai te ajudar organizar seu tempo para responder cada questão.

3- Cuide da alimentação

Parece bobagem mas acredite, uma boa alimentação muda tudo na sua vida, a falta de alimentação pode te deixar ansioso, nervoso, irritado e tudo isso tira sua concentração durante os estudos. Em alguns cursinhos pré vestibular já estão oferecendo acompanhamento de nutricionistas, acredita ? Vale a pena seguir essa dica, alimente-se bem vai te ajudar nos estudos e terá mais disposição no seu dia a dia.

6- Leia

Quer fazer uma boa redação ? Então leia muito e escreva sem parar, a leitura te ajuda a conhecer melhor a escrita, reconhecer palavras, significados e os sentidos que podem ser usadas. Determine um tempo diário durante seu dia para a leitura de jornais, revistas e livros assim além de escrever melhor vai estar mais ligado nos assuntos do momento e mais preparado para fazer uma boa redação.

7. Descanse o quanto puder e prepare o todo o necessário para o grande dia

 

Em casa, deixe separada a documentação necessária (o RG e, se for preciso, a confirmação da inscrição) e o material que você vai levar para a prova. Lembre-se: a Unesp permite caneta esferográfica com tinta azul ou preta, lápis preto nº 2, apontador de lápis, borracha e régua transparente. Para garantir, procure levar duas canetas. Na preparação, aproveite também para checar a previsão do tempo para o dia seguinte, para decidir o que vestir. Na hora de escolher as peças que vai usar, lembre-se de dar prioridade absoluta ao seu conforto.

Depois de tudo resolvido, só resta uma coisa a fazer: dormir! Nada de ir para a balada ou ficar até tarde no computador. No dia anterior, não abra mão das oito horas de sono. O vestibular é também uma prova de resistência, na qual você deve chegar o mais descansado possível.

Esperamos que esse artigo sobre como passar no vestibular tenha sido util para você, boa sorte, faça uma boa prova, confie em si mesmo e por favor, chegue na hora, não vá se tornar mais um meme de atrasados no enem 😉

 

By | 2019-04-19T09:44:18-03:00 abril 19th, 2019|artigos|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment